História de são francisco de assis para crianças

Ó flores cujo nome desconheço, prolongai esse fulgor humilde em cada dia de que ainda disponho para ver as flores. Oiço apenas o ressoar do teu silêncio que avança para mim e a minha vida apenas toca a franja límpida da tua ausência.

Fito em meu redor a solenidade das coisas como quem tenta decifrar uma escrita difícil. Mas és Tu quem me lês e me conheces. Faz que nada do meu ser se esconda.

Chama à tua claridade a totalidade do meu ser para que o meu pensamento se torne transparente e possa escutar a palavra que desde sempre me dizes. Nas amadas caras loucas batem e batem os dedos amarelos das candeias. Gotas e candeias puras. E bate-lhes nas caras, o amor leve. Pensam os filhos que elas levitam. Elas respiram ao alto e em baixo. No contínuo escorrer dos filhos. História de são francisco de assis para crianças por dentro desidratador de cogumelos amor, até somente ser possível amar tudo, e ser possível tudo ser reencontrado por dentro do amor.

Escolho uma idade à minha medida.

Guia-nos o sul, com remoinhos de pós sobre a estepe; Renques daninhos, pragas de gafanhotos, As cintilações faiscantes das ferraduras polidas, Tudo profetizava — visões De monge — que eu iria perecer.

Peguei no destino, atei-o à sela; E agora que estou no futuro, permaneço Hirto nos estribos como uma criança. Somos todos imortais; tudo é imortal.

Chegados que somos todos à margem, sou um dos escolhidos para puxar as redes quando o cardume da imortalidade as cumular. Invocarei um dos séculos ao acaso: Uma só mesa para servir bisavô e neto: Medi o tempo com vara de agrimensor: Talhei as idades à minha medida.

Rumamos para o sul, um rastro de poeira pela estepe. Oh, se fosse possível saber como ela era pura. E o susto de ambos era coisa prevista. Rainer Maria Rilke A vida de Maria, ed.

o que quer que eu faça?

Maria Teresa Dias Furtado. José Policarpo Sé Patriarcal de Lisboa, 1. Menino Deus, amigo dos poetas, Tudo o que tenho, e nada tenho, é teu. Deus, foste tu que nos puseste nos caminhos do tempo e disseste à nossa vida que a esperança se cumpre atravessando a noite sem bagagens.

A “Oração pela Paz” atribuída a São Francisco

Toggle navigation pastoral da cultura. Essa pequena frase, comenta L. Ele é seu pai espiritual e por isso seu autor no sentido mais profundo e abrangente da palavra. Bem-aventurado aquele que venera sem querer ser venerado. Bem-aventurado aquele que serve sem querer ser servido. Gli Scritti di S. Edizioni Messaggero, Padova, Les Éditions du Ccrf, Seguiremos de perto este livro.

Vozes, nota Ditos do Beato Egídio, 1, em:

1 Comentário